10.4.12

aquilo que sou. sem filtros.


Tal como a maioria das histórias, a minha também começa num determinado dia. 24 de Maio de 1981, para ser mais específico. Pouco passava das dez da manhã quando a Maternidade Alfredo da Costa, em Lisboa, entrou em alvoroço. Por um lado, as enfermeiras passavam a ter mais um bebé para se ocuparem. Por outro, os meus pais e a minha única irmã passavam a ter mais um membro na família.

Apesar das raízes da minha família viajarem entre Lamego e Loulé, é na margem sul do rio Tejo que a minha história se centra. Fui nascer a Lisboa mas pouco tempo depois já estava naquela que considero ser a margem certa. Não nego que existem momentos marcantes da minha vida que aconteceram noutros locais. Mas o centro desta história, a minha, é na margem sul.

Foi na margem sul que sonhei ser jogador profissional de futebol. Desejo que o atletismo e o ténis de mesa não conseguiram alterar. Foi lá também que construí a minha carreira desportiva que somou quase vinte anos. O futebol é a minha grande paixão e isso levou-me a querer trabalhar numa área relacionada com o desporto. Mas, quis o destino – acredito nele – que a minha vida profissional passasse pelas letras, vírgulas, palavras e pontos finais.

Ao todo, já lá vão quase dez anos enquanto jornalista profissional. Porém, ao longo dos últimos dois é que tenho percebido que a escrita é muito mais do que uma profissão. É uma paixão que alimento diariamente neste espaço. É uma paixão cheia de ramificações que dão sentido à vida. Que ajudam nos momentos maus e que prolongam os momentos bons.

E desde a criação do blogue, aquela que considero ser uma das mais inesperadas mas acertadas decisões da minha vida, que dou muito de mim a quem tem a curiosidade de passar por cá. Não uso camuflagem. Não maquilho a minha forma de pensar. Não adorno, dentro do politicamente correcto, os meus pensamentos quando estes ganham vida num texto. Por isso, quem cá vem tem aquilo que sou. Sem filtros. 

18 comentários:

  1. Olá, sê bem vindo homem sem blogue, sem filtros, jornalista e agora com rosto...

    www.viajarso.blogspot.com

    ResponderEliminar
  2. Uma boa surpresa sempre é bem vinda! Parabéns pela decisão que motivou esta nova fase "sem filtros", pois o que já era bom, agora ficou muito melhor.
    Um forte abraço e votos de sucesso sempre!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Gosto de acreditar que não tenho filtros que não me fazem falta.

      Beijos e obrigado.

      Eliminar
  3. E quando somos autênticos, o reconhecimento aparece sempre!
    O filtro que antes "existia" era muito transparente , só faltava mesmo
    um rosto porque o coração a sensatez e a emoção já lá estavam.

    Bem regressado caríssimo "homem sem blogue"
    mas que tem um dos blogues que mais aprecio.
    Muito sucesso !

    Isabella

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Fico sem saber o que te dizer. Muito obrigado Isabella.

      beijos

      Eliminar
  4. Olá! :)
    Eu nasci a 25, que giro :) É a melhor altura para fazer anos!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Do mesmo ano? É uma altura muito boa para fazer anos :)

      Eliminar
  5. Tu desculpa mas vi um coment de um leitor a chamar te PAM!talvez burrice minha mas tens algo a ver com a maçã de eva????

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É algo sem sentido. É um blogue que gosto muito de ler mas nem conheço a autora do mesmo. O que conheço dela é do blogue e das redes sociais. Nada mais do que isso.

      Eliminar
  6. Almada, Barreiro, Seixal ??? Gosto da tua escrita pá.

    ResponderEliminar
  7. Gostei muito do seu post e destaquei-o no meu blog como um dos melhores esta semana!

    ResponderEliminar
  8. Descobri este blog, através do face, num post sobre o Simba. Comentei aqui no 1ºpost do Simba, e fiquei por aqui um bocado, a cuscar tudo, gostei, vou voltar mais vezes.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Ana!

      Muito obrigado pelas simpáticas palavras. Volta sempre que quiseres que terás sempre um espaço para ti aqui.

      Eliminar